Guia de marcas e lojas

Que gorda (o) nunca ouviu a frase;

“Você não é gorda (o), você é linda (o)”

Essa frase denota  claramente que as pessoas associam gordura com  beleza, ou seja, excluem a possibilidade de alguém gordo ser bonito, então alguém que não tenha ainda a auto estima trabalhada no amor próprio, além de não se sentir feliz com sua condição de ser gordo, passa também a se achar feio.

Fluvia Lacerda – Modelo Plus Size

“Você é tão linda (o), por que não emagrece?”

Uma frase sem pé nem cabeça, emagrecer não torna ninguém bonito, torna magro. Quem é bonito será bonito gordo ou magro. São duas coisas completamente diferentes. A questão é que quando as pessoas não se aceitam dentro de determinado padrão e junto com toda a pressão da sociedade elas simplesmente se abandonam. Passam a não se arrumar, não se achar digna da vaidade, mais um peso que a sociedade te joga nas costas, que você tem que se arrumar, caso não seja algo que você goste de fazer, claro.

Mayara Russi – Modelo Plus Size

Ou seja,

Pra ser bonito você tem que ser “padrão”!? Não, pra ser bonito você tem que se aceitar, ser feliz e não se importar com o que diz a sociedade. É fácil, claro que não, mas te torna liberto e principalmente feliz!

E fora as imposições da sociedade o que é o bonito ou feio afinal de contas?

Sandra Costa – Estilista e dona da marca de bikinis “A minha praia é…”

Desde a antiguidade a sociedade cria estereótipos de beleza baseados em medidas e no que “acredita-se” ser referência de algo saudável ou que determine status, um exemplo era associar as pessoas gordas da idade média a riqueza e os homens musculosos do Império Romano a masculinidade e virilidade e beleza, mas a questão é que beleza é algo que agrada os olhos, e por vezes algo que não agrade os seus com certeza irá agradar o outro. Então determinar um padrão é algo limitador e utópico.

E é óbvio que todos possuem seus parâmetros de beleza, aquele estilo que te chame a atenção e não há problema algum nisso, o problema é você fazer questão de fazer o outro se sentir mal em dizer que ele é feio e etc, nesse caso quem precisa de ajuda é você, porque se sentir bem ferindo o sentimentos dos outros não é normal, ético ou saudável.

Porém, existem hoje diversas mulheres fora dos padrões impostos pela sociedade trabalhando como modelos, é como se fosse uma afronta, e de fato sem querer, é, e está tudo bem, porque é exatamente o que a gente quer.

Alice Primo – Blogueira de moda no Blog “Madame’s Curve”

As agencias de modelo precisam ter determinados perfis para suas campanhas e , ainda que hoje já tenha modelos fora do padrão a maioria são feitas pelo “padrão”, o que faz com que pessoas comuns não se identifiquem em determinadas campanhas. E o mais estranho é que as pessoas também se incomodam com modelos fora do padrão, prova disso são os comentários maldosos na estreia da modelo Fluvia Lacerda na Playboy. De endoidecer gente sã, eu de verdade passo mal, tenho tentado parar de ler esses comentários que de forma alguma me intimidam, mas fazem mal para alma e desperta a ter dó da humanidade. Recomendo que também não leiam.

Eu!hehe

Outro erro comum é achar que beleza e magreza é que vão despertar o amor de alguém, erro craso que só gera decepção. Ser amado exige algo intangível, é no carinho, no cuidado, na cumplicidade, no companheirismo e principalmente na admiração que o amor se faz presente, é a sensação que outro desperta, é o quão importante sua presença e seu olhar são para o outro, é o jeito que você sorri, a emoção que desperta no outro quando faz amor, não, também não é só o tesão, é o sentimento mesmo.

Marianna Amorim – Dona da marca de acessórios “Mary Help”

É a afinidade com coisas bobas, os mesmos objetivos de vida. Por favor não diminuam ou abreviem o amor em ser algo que só possível para pessoas magras e lindas. O amor está aí para todos, e ainda que esteja difícil encontrar para todo mundo, não será por sua condição física que não irá acontecer. Mas te asseguro que quando você realmente se amar e se aceitar outras pessoas se aproximarão de você e que na hora certa e com a pessoa certa você poderá amar e ser amada (o) também.

Vim desmentir Vinicíus de Moraes, o que me dói um pouco, mas beleza não é fundamental, fundamental é se amar, se aceitar, modificar o que te incomoda se precisar, mas nunca, a beleza nunca será o mais importante na vida, ela acaba e a vida continua. O que será lembrado de você, será o seu legado na Terra.

Beijos Plus,

Bia Peca

Guia de marcas e lojas

✩ Bikinis Vintage e descolados Plus size – Marca “A minha praia é…”

Bom, eu sou fã da marca já faz tempo, marca mineira conhecida por seus bikinis retrô que vestem super bem o corpo plus, além da alta qualidade e comprometimento em entregar rapidamente em todo Brasil.

A marca ficou famosa por ter criado o maiô e bikini da Mulher maravilha que virou febre entre as gordinhas de todo país, e que hoje é sua marca registrada.

Mais uma daquelas pequenas empresas que devem ser super valorizadas pelo respeito e dedicação  que possuem pelo mercado plus, além dos produtos lindos e de ótimo acabamento.

Enquanto muitas marcas grandes e conhecidas no mercado não se preocuparam nem tiveram consideração em fazer moda praia plus size, chegou Sandra Costa e mostrou a que veio.

Mineira, ariana, cheia de criatividade e dedicação deixa muitas gordinhas felizes com sua moda criativa e que respeita o corpo da mulher plus size.

A marca trabalha trabalha com numeração até o 60, mas faz sob medida para o tamanho que você desejar.

Vamos deixar que as imagens falem por si!

Segue abaixo os contatos da minha praia é e os modelos da última coleção, para comprar entrar em contato com a Page ou Instagram!;)

@aminhapraiae

Facebook: A minha praia é…